Poupa Dinheiro

⬇ Solicite Abaixo ⬇

Como Conseguir uma Renda Extra Quase Fixa

Hoje em dia muitas pessoas buscam formas alternativas de ganhar dinheiro.

A remuneração que recebemos em nossos empregos “normais” nem sempre é suficiente para suprir todas as necessidades do dia a dia, e por causa disso, mais e mais trabalhadores começaram a procurar os famosos “freelas” ou “bicos”.

Todavia, nem sempre é fácil encontrar uma boa ocupação, que pague bem e de forma consistente. Inúmeros fatores podem interferir no seu lucro quando o trabalho é informal.

Não existe uma garantia de que a demanda sempre vai existir, ou que você sempre será escolhido para determinada atividade.

Problemas pessoais, por exemplo,podem afetar o seu desempenho de forma direta e a imagem que você tem neste meio.

Por causa dessas variáveis, entender seu ritmo de trabalho, bem como as possíveis dificuldades pelas quais você pode passar é importante.

Se você quer conhecer algumas dicas para aprender a fazer com que o seu tempo seja mais proveitoso continue lendo o texto abaixo. Você vai entender a melhor forma de se organizar para ganhar um trocado!

Entenda o que você consegue e não consegue fazer

Muitas pessoas, quando começam a trabalhar neste universo acabam criando um leque muito grande de tarefas e isso é um problema.

Você pode acabar não conseguindo trabalhar por não ter uma especificação, ou pode não conseguir trabalhar por ter coisas demais para fazer ao mesmo tempo.

Normalmente, os contratantes buscam qualidade e pontualidade, portanto, é importante definir qual o seu limite e as coisas nas quais você é bom.

Esta é a melhor maneira de não perder dinheiro por “querer demais”, sem conseguir realmente fazer demais.

Se apresente da melhor forma possível

Um contratante que não te conhece, pode observar suas qualificações e te achar interessante, mas a “cara” que você dá para o seu negócio reflete sua posição como profissional.

Quanto melhor você vender o seu trabalho, mais chances você tem de conquistar clientes e consequentemente expandir sua rede de contatos.

O número de pessoas que recomenda o seu serviço é muito importante para que sempre hajam vagas disponíveis.

Dessa forma, você consegue “garantir” que o seu nome seja associado a coisas positivas.

Seja burocrático e exija burocracia

Em muitos casos, os “bicos” não possuem um contrato firmado, portanto é importante deixar bem claro desde o início quais são suas expectativas, prazos, orçamento, e todas as outras exigências necessárias para que você consiga realizar o que é pedido da melhor forma possível.

Crie registros de conversa e termos acordados, isso favorece tanto você, quanto a pessoa que vai te pagar no final do dia.

Caso as coisas acabem saindo do controle, você sempre vai ter um material de apoio para sustentar seu lado dentro do que foi negociado.

Sempre peça um feedback

É completamente normal cometer erros quando entramos num novo ritmo de trabalho e justamente por isso os feedbacks são tão importantes.

Quando recebemos a opinião de um cliente sobre algo que fizemos, mesmo que não seja positiva, conseguimos identificar nossas falhas, corrigi-las e consequentemente melhorar todo o nosso processo de aprendizado.

É interessante descobrir quais são nossos pontos fortes e quais são nossos pontos fracos pelo olhar de outro. Você consegue moldar a sua reputação com base em avaliações “reais”.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os hábitos que devemos adotar quando resolvemos trabalhar com os “bicos”, ficou mais fácil de desfrutar dos seus ganhos sem muitas preocupações.

Se você gostou do artigo, compartilhe com seus colegas, amigos e família eles também podem aproveitar o conteúdo e embolsar algumas notas.

Deixe seu feedback nos comentários abaixo. Até a próxima!